quinta-feira, 19 de abril de 2018

G1: RN tem déficit de 10 mil policiais e bombeiros

Nesta quinta-feira (19), o portal G1 RN publicou matéria sobre o déficit de policiais e bombeiros do Rio Grande do Norte. Levantamento feito pelo veículo de comunicação aponta que há no Estado 9.978 militares, policiais e bombeiros, quando a quantidade prevista em lei é de 19.681. 

Os dados foram obtidos a partir dos estatutos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares do RN, além de números advindos também do Governo do Estado, por meio do Portal da Transparência. 

“Se continuarmos convivendo com essa negligência do governo, a PM corre o risco de entrar em um colapso total. E isso é desastroso”, disse em entrevista ao G1 o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos, Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN, Eliabe Marques.

Por sua vez, o presidente da Associação de Bombeiros do RN, Dalchem Viana, declarou que “Vinte e quatro cidades do estado deveriam ter unidades do Corpo de Bombeiros, mas só existem seis unidades. São três em Natal e outras três no interior (Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros)”.

Confira a matéria completa clicando AQUI.

(Foto: Ney Douglas)

terça-feira, 10 de abril de 2018

Associações cobram resultados do Governo

As Associações de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte realizaram nesta terça-feira (10) uma manifestação em frente à Governadoria, em Natal, para protestar contra o descumprimento do acordo extrajudicial e termo de compromisso firmado em janeiro. 

Muitas pautas asseguradas naquele momento ainda se encontram pendentes, como a melhoria das condições de trabalho, o incremento do vale-alimentação, a contratação de mais efetivo, a compra de materiais de trabalho e a implementação de vistoria nas viaturas utilizadas por policiais e bombeiros. 

Além disso, o décimo terceiro de 2017, o retroativo das promoções e a implantação de níveis também precisam ser efetivados. Para as entidades representativas, o Executivo precisa se empenhar mais no cumprimento do acordo, que garanta condições mínimas de trabalho. Sem isso, o Estado corre risco de enfrentar crises frequentes e intermináveis na área da Segurança. 

Também é necessário urgência no encaminhamento das legislações. Código de Ética, Estatuto, que são normas comuns, e Leis de Organização Básica, tanto o da Polícia Militar, quanto a do Corpo de Bombeiros (LOB PMRN e LOB CBMRN). 

As associações vão continuar atentas ao seu papel de cobrança vigora dos termos formalizadas, de modo a melhorar efetivamente as condições de trabalho de policiais e bombeiros potiguares. 

Assessoria de Comunicação das Associações de Praças do RN

Acampamento em frente à Governadoria (Foto: ASSPMBMRN)

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Presidente da Associação de Bombeiros do Rio Grande do Norte (ABMRN), no uso de suas atribuições estatutárias previstas no art. 51, inciso IV, convoca os associados da ABMRN a participarem da Assembleia Extraordinária a se realizar sexta-feira, 20 de abril, com a primeira chamada prevista para 14h, no Clube Tiradentes para tratar da seguinte da posse da nova diretoria ABMRN. A presença de todo é fundamental.


NOTA PÚBLICA

As Associações de Praças do Rio Grande do Norte informam que está sendo veiculado nota sobre o Presidente da ABMRN, que de maneira alguma foi redigida pelas Associações. 

Estamos averiguando a procedência da falsa nota, que utiliza indevidamente o nome das Associações de Praças do RN, veiculada no dia 09/04/2018, para tomar todas as providências pertinentes.

As associações aproveitam para ratificar o compromisso com a categoria policial e bombeiro militar e convocam à categoria para Assembleia Geral Unificada, que realizar-se-á amanhã, dia 10/04/18.

ABMRN - APBMS - APRAM - ACS - ASSPMBM e ASSPRA.


quinta-feira, 5 de abril de 2018

Entidades unidas do RN encaminham aos senadores pedido de votação do fim da prisão administrativa

As entidades representativas dos policiais militares e bombeiros militares do Rio Grande do Norte enviaram ofício aos três senadores potiguares solicitação a votação do PL nº 148/2015 do deputado federal Subtenente Gonzaga, que extingue pena de prisão disciplinar para os militares estaduais. 

"Solicito o apoio de vossa excelência no sentido de cobrar que seja pautado e votado este projeto que trará dignidade aos militares estaduais e a consequente melhora em sua autoestima", diz o texto assinado pelos presidentes Roberto Clayton Campos Fernandes (ACS/RN), Dalchem Viana do Nascimento Ferreira (ABMRN), Eliabe Marques da Silva (ASSPMBM/RN), Guinaldo da Costa Lira Júnior (ASSPRA), Tony Magno Fernandes Nascimento (APRAM/RN) e Josivan Alves Rangel (APBMS/RN).

Diversas entidades associativas do País fizeram o mesmo, com o propósito de atualizar uma legislação considerada contrária aos atuais princípios do ordenamento jurídico nacional, firmados com a Constituição de 1988.

Com informações da ANASPRA.


quinta-feira, 29 de março de 2018

Parceria com uninassau garante atendimento psicológico a sócios da ABMRN

Uma parceria da Associação de Bombeiros do Rio Grande do Norte (ABMRN) com o Departamento de Psicologia da Faculdade Uninassau vai garantir atendimento psicológico ao associado a partir desta segunda-feira, 2 de abril.

Para marcar consulta, os interessados devem entrar em contato com a entidade associativa pelo (84) 3213-4945, das 7h às 11h e das 12h às 16h, de segunda a sexta-feira.

O serviço vai ser prestado por alunos do curso de Psicologia da Uninassau, com supervisão do professor Danilo de Freitas Araújo. Inicialmente, o atendimento vai ser oferecido entre abril e junho, com possibilidade de prorrogação.

Além dos atendimentos individuais, o trabalho também vai direcionar atenções à modalidade psicoeducativa voltada às famílias, com orientações especificas, de modo a possibilitar todo o apoio necessário à prestação do trabalho pelo bombeiro militar em condições de saúde mental dignas. 

A parceria é uma importante iniciativa da ABMRN, tendo em vista que a licença por problemas e traumas psicológicos é a principal causa de afastamento de agentes de segurança pública no estado, conforme dados oficiais recentemente divulgados. 

Assessoria de Comunicação ABMRN